Pro Evolution Soccer Borussia Dortmund cancela acordo de licenciamento dois anos antes

O Pro Evolution Soccer da Konami tem sido aclamado pela crítica e pelos fãs como uma série melhor do que a gigante FIFA, da EA Sports. Mas o licenciamento – clubes reais, ligas reais – é importante para títulos de esportes de qualidade simulada, e o Pro Evolution tem muito menos do que seu rival. E o Pro Evolution Soccer 2019 perdeu abruptamente o seu único clube alemão com um anúncio surpresa ontem.

O acordo do Borussia Dortmund com a Konami “foi prematuramente encerrado” pelo clube, disse a Konami em um comunicado. A licença era esperada para durar até 2020. A Konami não listou a razão pela qual o Borussia Dortmund fechou o acordo. Postou o comunicado para avisar aos torcedores que apesar de a equipe ter aparecido em campanhas de marketing do jogo até o momento (acima), não estará no produto final quando for lançado no final de agosto.

O Borussia Dortmund foi o único clube da Bundesliga da Alemanha a aparecer sob o seu próprio nome no Pro Evolution Soccer 2018 (os outros foram toques). Não havia liga nacional alemã (mesmo um tratamento genérico, como é o caso da Espanha, Inglaterra e Itália neste jogo). A Konami, ao longo dos anos, montou uma colcha de retalhos de licenças – dois clubes da La Liga da Espanha (incluindo FC Barcelona) vários clubes da Serie A e três da Premier League, mas não as ligas completas nem seus nomes e símbolos.

Agora parece que até isso está começando a se desfazer. A única coisa que o Pro Evolution Soccer tinha sobre a FIFA eram as licenças da UEFA e da Liga dos Campeões. No entanto, a UEFA, em abril, anunciou o fim do contrato de 10 anos. A EA Sports não anunciou nem confirmou nada a não ser mendigar a imaginação que a FIFA não iria descobrir.

Pro Evolution Soccer 2019 lança 28 de agosto para PlayStation 4 e Xbox One e 30 de agosto no Windows PC.

via polygon